Curiosidades

Curiosidade


A eficácia do Riso

 Ao escutar uma piada, daquelas que nos fazem disparar a rir, são produzidos na boca uma série de sons vocálicos que duram de 1/16 segundos e repetem a cada 1/15 segundo. Enquanto os sons são emitidos, o ar sai dos pulmões a mais de 100 Km/h.

Uma gargalhada provoca aceleração dos batimentos cardíacos, elevação da pressão arterial e dilatação das pupilas.

Os adultos riem em média 20 vezes por dia, e as crianças até dez vezes mais. Rir é um aspecto tão inerente à existência humana que esquecemos como são interessantes esses ataques repentinos de alegria.

Por que as pessoas riem quando escutam uma piada? Segundo o escritor húngaro Arthur Kostler (1905-1983), o riso é um reflexo de luxo, que não possui utilidade biológica.
Entretanto a Natureza não investe em algo inútil, acredita-se que o impulso de rir possa ter contribuído para a sobrevivência no decurso da evolução.

A gelotologia que pesquisa sobre o riso, aponta que esta é a mais antiga forma de comunicação.

Os centros da linguagem estão situados no córtex mais recente, e o riso origina-se de uma parte mais antiga do cérebro, responsável pelas emoções como o medo e a alegria. Razão pela qual o riso escapa ao controle consciente. Não se pode dar uma boa gargalhada atendendo a um comando, muito menos é possível reprimi-la.

O riso pode apresentar um aspecto físico, cognitivo e emocional. Acontecimento este que não reduz o senso de humor a uma única região do cérebro.

Rir, achar algo engraçado, é um processo complexo, que requer várias etapas do pensamento.

Por que os mosquitos zumbem nas nossas orelhas?

Quem nunca foi incomodado com o chato barulho de um mosquito enquanto dormia? Os mosquitos, pernilongos ou muriçocas, como são chamados em algumas regiões do Brasil, são diversos insetos da subordem Nematocera e da família dos culicidaeque que se alimentam do sangue do homem, de mamíferos e de aves.

Sabe-se que o mosquito é atraído pelo gás carbônico emitido pelo nariz no processo da respiração. Como os ouvidos estão diretamente ligados a este processo, é comum os pernilongos zumbirem perto das nossas orelhas. Os pernilongos conseguem encontrar as pessoas em um ambiente escuro devido à sua capacidade de percepção química.

Em relação ao próprio zumbido dos mosquitos, ele nada mais é do que o resultado do batimento de suas asas, que podem chegar a mil movimentos por segundo.

A história do refrigerante

O refrigerante é uma bebida rica em corantes e conservantes que contém grande quantidade de açúcar, exceto nas versões light e diet que apresentam menor quantidade. Possui aroma sintético de fruta e gás carbônico. O refrigerante surgiu em 1676 em Paris, numa empresa que misturou água, sumo de limão e açúcar.


Naquela época, não havia ainda descoberto a água misturada ao gás carbônico. Em 1772, Joseph Priestley realizou experiências acrescentando gás em líquidos, mas foi somente comercializado em 1830. Nessa época, os farmacêuticos tentavam associar ingredientes curativos às bebidas gaseificadas.

Em 1886, o farmacêutico John Pemberton de Atlanta criou uma mistura de cor caramelo e juntou a água carbonatada (gasosa). Frank Robinson, contador de Pemberton batizou a bebida de Coca-Cola e escreveu a próprio punho. A partir daí, o nome da bebida passou a ser escrito da forma com que o recebeu de Robinson. Era vendida na farmácia por USD 0,05 para ajudar na digestão. Chegou ao Brasil em 1941, sendo produzida na cidade de Recife.

Em 28 de agosto de 1898, o farmacêutico Caleb Bradham criou a Pepsi-Cola na Carolina do Norte com a finalidade de revigorar, rejuvenescer e ajudar na digestão. Seu nome foi tirado com base em seus principais ingredientes, a pepsina e as nozes de cola. Chegou ao Brasil em 1953 e desde então é um dos refrigerantes mais consumidos.

Os refrigerantes podem ser classificados como:

• Refrigerante à base de sumo de frutas com quantidade mínima de sumo de uma ou de várias frutas.
• Refrigerante à base de extratos vegetais dissolvidos em água com aromatizantes podendo haver ou não sumo e outros ingredientes vegetais.
• Refrigerante à base de aromatizantes onde são dissolvidos os aromas, sumos, açúcares, dióxido de carbono, acidulantes e antioxidantes.








Para Refletir

"Nunca devemos esquecer de perguntar ao Passado o porqué que o Presente está assim, pois o Futuro não virá a sorrir para nós se deixarmos o Passado a chorar" Nerino

imagem de luz

imagem de luz
Este é o Messias e salvador da humanidade